Publicidade

Feira e Região 7 de fevereiro de 2018

Uefs oferece primeiro programa de Residência Médica

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana, está implementando o programa de residência médica em “Medicina de Família e Comunidade” que visa qualificar os médicos para atender na atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS). Neste ano, já estão sendo ofertadas 9 (nove) vagas para o Processo Seletivo Unificado de Residência Médica/Bahia 2018.2, coordenado pela Comissão Estadual de Residência Médica da Bahia (Cerem/Ba).

As inscrições podem ser feitas até o dia 06 de março, exclusivamente via internet no Site da Strix (organização responsável pelo processo seletivo), mediante o preenchimento do requerimento de inscrição e o pagamento da taxa de inscrição por meio de boleto bancário. Os residentes terão bolsa pelo Ministério da Saúde e serão contratados pela Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com a coordenadora do Programa na Uefs, Clara Prada, professora adjunta do curso de Medicina da Universidade, o Programa terá início em março e os médicos residentes atuarão em Unidades de Saúde da Família (USF) de Feira de Santana, e em hospitais de referência para crianças, atenção do parto e puerpério (pós-parto) e atenção de urgência de adultos, como o Hospital da Mulher, Hospital Estadual da Criança (HEC) e Hospital Clériston Andrade (HGCA).

Feira de Santana tem aumentado nos últimos anos a cobertura da atenção básica para mais de 70% da população. Para atender a esse quantitativo de pessoas e melhorar o estado de saúde dos pacientes, são necessários médicos qualificados que atendam aos principais problemas de saúde da população nas diferentes faixas etárias: crianças, adolescente, jovens, mulheres, grávidas, adultos, doentes crônicos e idosos”, afirma Clara Prada.

De acordo com o reitor da Uefs, professor Evandro do Nascimento, a concretização dessa Residência Médica representa um tripé de atuação fundamental. “Ela fortalece as ações acadêmicas da àrea de Medicina da Uefs, disponibiliza capacitação importante para médicos dedicados à atenção básica em saúde e aproxima a Uefs da realidade social, particularmente, da população menos privilegiada no acesso à saúde”, ressalta.

Ascom/Uefs

FH, 7/2/18

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on RedditShare on LinkedInEmail this to someoneShare on Tumblr