Publicidade

Bahia 13 de novembro de 2017

Encontro estudantil em Salvador terá 240 projetos de ciências, empreendedorismo e inovação

Projetos de iniciação científica desenvolvidos pelos estudantes da rede estadual de ensino da capital e interior do estado serão apresentados na 6ª Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (Feciba), durante o 5º Encontro Estudantil da Rede Estadual, que acontece de 21 a 23 de novembro, na Arena Fonte Nova, em Salvador. O encontro será aberto ao público, das 8h às 18h, e reunirá, ao todo, mais de 4 mil estudantes de toda a Bahia, que irão apresentar ainda projetos de arte, esporte, cultura, tecnologia e de intervenções sociais.
A Feciba reunirá 240 trabalhos finalistas, que foram selecionados após seletivas escolares e territoriais realizadas durante o ano de 2016. São experimentos e produções científicas que tratam de temas de relevância social, com foco em questões como inovação tecnológica, meio ambiente, sustentabilidade, empreendedorismo, saúde e bem-estar. A Feciba faz parte do Programa Ciência na Escola, cujo objetivo é despertar nos estudantes o interesse pela pesquisa científica através de projetos que buscam solucionar problemas existentes na comunidade onde eles vivem.
Os estudantes protagonistas dos projetos científicos virão de diversas partes da Bahia e estarão em atendimento ao público, detalhando os projetos, das 9h às 17h, nos estandes montados no nível 5 da Arena Fonte Nova. A premiação dos projetos vencedores acontecerá no dia 23 de novembro, das 14h às 17h30, no auditório do nível 8. Além da exposição dos projetos científicos, os visitantes também poderão participar de atividades como mesas-redondas como ‘As Feiras Matemáticas’ e de oficinas, a exemplo da ‘Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente’.
A coordenadora do Programa Ciência na Escola, Shirley Costa, destaca a importância da feira. “A Feciba é um dos principais produtos do Programa Ciência na Escola e faz parte deste grande movimento que a Bahia institucionalizou em todas as escolas da rede através da arte, cultura, ciência e literatura. São diversas linguagens sendo demonstradas nesta culminância do 5º Encontro Estudantil e esta feira representa o fechamento de um ciclo em que os estudantes vão ter a oportunidade de expor as suas produções desenvolvidas durante todo o ano de 2016. Eles vão poder socializar para os colegas e despertar o desejo de fazer parte deste grande evento”, comemora.
Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado
FH, 13/11/17
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on RedditShare on LinkedInEmail this to someoneShare on Tumblr